• Felipe Schadt

Não há surpresas


Jair Bolsonaro (Imagem: Zeca Ribeiro)

Muitas pessoas estão espantadas com algumas atitudes do presidente da República. Atitudes que não fazem parte do comportamento de um chefe de Estado, mas que sempre fizeram parte de um sujeito que nunca teve preparo cognitivo nem traquejo político para estar no cargo que está. Ele só está fazendo o que sabíamos que faria: ser o tiozão do churrasco com uma faixa presidencial no peito.


Não há surpresas quando o presidente usa seu Twitter como um adolescente. Ele tem como maior inspiração um magnata americano que se utilizou dessa força virtual para se eleger e ganhar seguidores. Óbvio que Bolsonaro governaria através de tweets (1).


Não há surpresas quando o presidente comete gafes em Davos, no Fórum Econômico Mundial, pelo baixo intelecto, capacidade de retórica e habilidade com política externa (2). Ele já ficou em uma saia justa quando, em uma entrevista para o programa da Mariana Godoy, não conseguiu responder uma pergunta sobre o Tripé Macroeconômico (3), imagina discutir economia com as maiores autoridades do assunto? Seis minutos de discurso foi um esforço dantesco para ele.


Não há surpresas quando o presidente escolhe uma extremista religiosa para ser sua ministra dos Direitos Humanos (4), ou quando escolhe um condenado por fraudar processos ambientais para ser ministro do Meio Ambiente (5), ou ainda quando escolhe como ministro da Educação um sujeito que está mais preocupado com o Hino Nacional nas escolas do que com as escolas em si (6), muito menos quando escolhe Sérgio Moro, conhecido por mudar de ideia sobre o crime de caixa dois (7), como ministro da Justiça.


Não há surpresas quando os filhos do presidente se comportam pior que o pai. O primeiro investigado por fazer parte de esquema com milicianos e movimentações milionárias suspeitas na Alerj (8); o segundo criticado por atacar – via Twitter, lógico - a ida do ex-presidente Lula ao velório do próprio neto, acusando-o de querer produzir um coitadismo (9); o terceiro por causar um desgaste – também por meio do Twitter, evidentemente - com o ex-ministro da Secretaria-Geral da Presidência, culminando na demissão de Bebianno e o vazamento de mensagens de voz entre ele e o presidente (10).


Não há surpresas quando o presidente promete um bônus para deputados novatos que o apoiarem na reforma da Previdência (11), mesmo tendo como um dos estandartes de sua campanha o fim do "toma lá dá cá". Reforma essa, aliás, que militares – lembre-se, o presidente é um ex-militar - já declararam não quererem participar (12), deixando toda a carga para os trabalhadores. Ou você se esqueceu que o presidente não ganhou fama defendendo os direitos trabalhistas (13), e sim pelo contrário?


Não há surpresas quando o presidente causa desconforto no mercado chinês ao ponto da própria China sinalizar que a política adotada pelo “Trump Tropical” pode causar sérios danos ao Brasil, já que a China é o maior mercado de exportação do nosso país (14). Tão pouco há surpresas pela maneira como o nosso presidente está ávido em agradar os EUA, querendo mudar a embaixada brasileira para Jerusalém (15), por exemplo. Aquela continência à bandeira americana não foi à toa.


E claro que não haveria surpresas quando o presidente posta em seu Twitter – olha ele aí outra vez – um vídeo com conteúdo pornográfico para simplesmente denegrir mundialmente o carnaval (16), um dos maiores mercados de turismo que o nosso país tem. Além de repercutir negativamente em todo o mundo, o nosso presidente só mostra a falta de aptidão e bom senso para governar um país. Ué, ele se elegeu graças a mamadeira de piroca.


Também não há surpresas com o silêncio de seus eleitores. Um silêncio ensurdecedor que só dá voz para os que não votaram nele.


Surpresa seria se nada disso tivesse acontecido em três meses de governo. Surpresa será se ele resolver ser um presidente de verdade. E sobre isso, acredito que não serei surpreendido.


Conhecimento é Conquista -FS

Fontes:

(1): https://twitter.com/jairbolsonaro


(2): https://goo.gl/Hfiaot


(3): https://goo.gl/rqAavg


(4): https://goo.gl/1j916M


(5): https://goo.gl/cyUL6x


(6): https://goo.gl/KjL5wA


(7): https://goo.gl/aivLTN


(8): https://goo.gl/aYSmY2


(9): https://goo.gl/7fu2Co


(10): https://goo.gl/2w5vGJ


(11): https://goo.gl/ZkjvdF


(12): https://goo.gl/8nezQk


(13): https://goo.gl/Vk3BRK


(14): https://goo.gl/h94Cft


(15): https://goo.gl/yki1rm


(16): https://goo.gl/fwVP3H



85 visualizações1 comentário

© 2020 por FELIPE SCHADT.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now